blog bem estilosa, tudo sobre maquiagem, moda, saúde, tendencias,dicas e truques, casa e decoração.

segunda-feira, fevereiro 27


Livro : O Sheik

  O Sheik


7[4] (1)Que saudades do meu blog querido heheheh……ja tem algum tempo não posto nada…..mas como todo mundo sabe, recentemente passei por uma cirurgia no coração que graças a Deus ocorreu tudo bem, mas enfim acabei deixando de lado o blog e relendo algumas histórias “escrivinhadas” por mim no meu diário e umas delas era sobre o Livro O Sheik, muito bom mesmo…recomendo a todos!!! mas se preparem para ler com um dicionário do lado, porque tem muitas palavras que realmente não dá para entender…foi o meu caso, mas quando eu li eu tinha uns 15 anos, fui até a biblioteca do colégio, procurei entre vários livros até que achei, páginas amareladas devido ao tempo, algumas folhas rasgadas, pensei será que pego? será que não pego!!! e o livro de alguma maneira me atraiu rsrrs…..pois tinha uma dedicatória antiguissima na sobrecapa de alguem para alguém com uma caligrafia muito bonita, mas com uma forma de escrever que parecia de um século atrás, então lembrei da frase: quem vê cara não vê coração e cheguei a seguinte conclusão quem vê capa não Vê conteúdo do livro…rsrsrsrs…mas chega de história e vamos falar da istória…. Para quem não conhece, ou nunca ouviu falar o livro conta à história de Diana, linda rica e destemida, que se aventura em uma expedição pelo deserto. Pagou Mustaphá para guiá-la pelo deser­to, e o Skeik pagou a Mustaphá para levá-la até ele. Porque ele tinha o ardente desejo de possuí-la. Um dia, em Biskra, viu-a durante alguns minutos e foi o bastante para verificar que ela era indispensável para a sua vida. E sempre que queria alguma coisa, obtinha por bem ou à força!
Esse livro deu origem ao filme O Sheik, com Rodolpho Valentino.

Em 1921 Rodolfo Valentino interpretou no cinema o Sheik Ahmed Ben Hassan no filme The Sheik. O filme foi um sucesso e definiu não só a sua carreira, mas sua imagem e seu legado. Apesar de ser um ator italiano, associado frequentemente ao estereótipo do "Latin Lover", o Sheik Valentino como diz a música de Rita Lee Flagra foi importantíssimo para que uma áurea de romance fosse associada aos homens do deserto e para que Valentino fosse lembrado para sempre como o maior "amante" do cinema mudo.1320269965_135069794_1-Fotos-de--Livro-O-Filho-do-Sheik-E-M-Hull
Também é de Edith Maude Hull o livro The Son of the Sheik (O filho do Sheik), também transformado em filme, e eu também li é óbvio…..rsrsrsrs….. e também foi estrelado por Rodolfo Valentino. Podemos dizer que esta foi uma parceria de sucesso! Óbvio que ao assistir os filmes do cinema mudo hoje da vontade de rir. Mas na época, milhares de jovens  românticas sonhavam em ser raptadas para o deserto pelo Sheik Valentino. E você gosta de sheiks? num mundo perfeito, onde os desertos são lugares ótimos, as mulheres são lindas , os Sheiks são belos e másculos….por que sheik você gostaria de ser raptada?
6 Comentários

6 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

twitterfacebookyoutube